Posts Tagged ‘Show’

Andrea Aiko no Cafe com Letras, 24 e 31/mar/2011

março 20, 2011

Andrea Aiko no Cafe com Letras


Tem samba? Eu vou.

Dona de voz doce e delicada, Andréa Aiko procura cantar músicas que tragam alegria. Preocupada em obter uma sonoridade limpa e harmônica, faz um passeio pelo samba no Brasil e no tempo. Volta às primeiras décadas do século XX, passeando por São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Pernambuco. Visita Adoniram Barbosa, Ataulfo Alves, Paulinho da viola, Teresa Cristina e Dorival Caymmi, dentre outros, acompanhada por Bruno Vidal (bateria), Marcio Nascimento (baixo), Beto Nélis (violão) e Dudu Hermógenes (cavaquinho).

Serviço:

  • Café com Letras (203 Sul – reservas: 3322-4070 / 5070)
  • 24 e 31/março (quinta)
  • 19h30
  • Couvert R$ 8,00

Marisa Dwir, Feitiço Mineiro, 13/jun

outubro 5, 2009

Atrasadíssimo… mas enfim, antes tarde que nunca… rs
Marisa fez uma linda noite de fados no Feitiço Mineiro!
Para ver mais, clique na foto! 😉

Pra quem quiser conhecer um pouco mais do trabalho da Marisa, segue seu release:
Formada em Estudos Sociais pelo CEUB, com especialização em História, e em Orientação Educacional pela Universidade de Brasília – UNB, onde também estudou Artes Cênicas e Técnica Vocal.
Cursou ainda, pela Secretaria de Cultura de Brasília: Cultura Brasileira e Produção Cultural, A Linguagem do Cinema, Análise de Filmes, Roteiro para Cinema, Música e Canto. Atualmente, continua seus estudos na Escola de Música de Brasília – EMB.
Versa nos estilos MPB, Pop, bossa, samba, canções e fados, acompanhando-se ao violão e por músicos como Nelson Latif, Jorge Macarrão, Fabiano Borges, Cláudio Vinícius, Marcílio Homem entre outros.
Entre os anos de 1994 e 2001 residiu na Europa (França e Portugal) onde trabalhou como cantora, compositora, produtora cultural e artística, com música, teatro, exposições, congressos, workshops, eventos multimídia.
Compôs trilha sonora para o Instituto de Comunicação de Portugal – ICP, no ano de 1996.
Gravou o CD “Marisa Dwir – Saudação” composto de 12 faixas, sendo 9 delas de sua autoria, lançado em Lisboa no ano de 1997; e participou do CD “Eclético” do músico Madeira (sobrinho de Luis Gonzaga), também gravado e lançado em Lisboa.
De volta ao Brasil, realizou a trilha sonora do documentário “Quilombo Quilombola”, com direção de Franca Vilarinho.
Na continuidade do seu trabalho, prepara novo CD e se apresenta por todo o país em congressos, convenções, salas culturais, hotéis, shoppings, bares, restaurantes e eventos particulares.
É sócia fundadora da ASSOM, Associação dos Músicos do DF e Entorno.